top of page
  • Foto do escritorGibran Numeh

Quando devo buscar a ajuda de um psicólogo?


psicólogo


Uma dúvida bastante comum da maioria das pessoas, sobretudo aquelas que sentem que a saúde mental anda prejudicada, é: afinal, qual a hora certa de buscar ajuda de um psicólogo? 


E a melhor resposta é: em qualquer momento que você sinta necessidade e o mais cedo possível caso esteja convivendo com sentimentos de angústia e/ou ansiedade com mais frequência, prejudicando a realização das atividades cotidianas e o seu bem-estar geral.


No geral, os principais motivos que levam uma pessoa a procurar o suporte desse profissional são: 


- Lutos, traumas ou perdas, o que pode gerar falta de vontade de fazer coisas que antes davam prazer, frustração, baixa autoestima e insegurança;

- Dificuldades de relacionamento, seja com familiares ou companheiros, seja com amigos ou pessoas próximas;

- Momentos de transição, como mudança para outro país, chegada de um novo membro na família e/ou separação do cônjuge; 

- Falta de entendimento sobre o seu propósito profissional e desânimo constante com o trabalho atual; 

- Busca pelo fortalecimento da autoconfiança e da autoestima;

- Trabalho de autoconhecimento para conseguir tomar decisões mais assertivas. 


Independente da causa que gere a necessidade de receber um apoio especializado, o mais importante é que o paciente entenda a sua demanda e contribua ativamente com o tratamento que será realizado, aplicando o que é aprendido nas sessões no seu dia a dia. 


Sem esse comprometimento por parte do indivíduo em questão, dificilmente os resultados esperados poderão ser conquistados.


Posso procurar um psicólogo sem indicação médica e mesmo sem ter passado com um psiquiatra? 


Sim, é totalmente possível iniciar o processo terapêutico ainda que você não tenha recebido a indicação de um psiquiatra.


O que pode acontecer é o seu psicólogo, ao avaliar o seu estado emocional, indicar que você também passe em consulta médica para entender a necessidade de complementar o acompanhamento psicológico com alguns medicamentos específicos.


Essa atuação em conjunto das duas especialidades é essencial sobretudo para casos graves de depressão, ansiedade, Transtorno Bipolar, Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, e transtornos alimentares. 


Além disso, ao contrário do que muita gente pensa, não é necessário ter o diagnóstico de uma doença mental para contar com ajuda profissional. Conforme abordado no tópico anterior, a psicoterapia pode trazer benefícios para toda pessoa que esteja aberta a mergulhar em suas questões e crises internas para conseguir viver com mais paz, equilíbrio e qualidade. 


Durante as sessões, terapeuta e paciente interagem entre si por quase uma hora, falando, argumentando e escutando atentamente um ao outro. A ideia é que, ao final do encontro, o indivíduo que buscou o suporte sinta que desabafou sobre os assuntos que precisava e perceba mais claramente os caminhos que pode seguir para se sentir melhor. 


Caso você não tenha certeza ainda se essa solução é a melhor para você, experimente pesquisar sobre as diferentes abordagens terapêuticas disponíveis e agendar um encontro com um psicólogo para entender mais profundamente como é esse processo. 


Estou à disposição em caso de dúvidas sobre o meu trabalho. 


4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page